Líder do PCC Gegê do Mangue é morto!

Rogério Jeremias de Simone, o Gegê do Mangue, e Fabiano Alves de Souza, o Paca, foram assassinados em uma suposta emboscada em um território indígena em Aquiraz, a 30 quilômetros de Fortaleza. As vítimas eram apontadas como as mais fortes lideranças soltas do Primeiro Comando da Capital (PCC) e uma rixa interna na facção é o que pode ter motivado as mortes. Neste domingo, 18, o presidente Michel Temer determinou o envio de uma força-tarefa ao Ceará para atuar nas ações de combate ao crime organizado.

Justiça manda soltar Gegê do Mangue, número 3 do PCC, a 2 semanas de júri

 As mortes teriam acontecido na noite de quinta-feira passada, quando um helicóptero foi visto na região. Testemunhas relataram à polícia ter ouvido uma sequência de disparos. Os corpos foram encontrados na manhã seguinte por um homem que coletava frutas na área, e ainda neste domingo era realizado o processo de identificação e liberação.

Veja o que consta sobre ele no site da Polícia Civil:

Indivíduo contumaz no crime desde o ano de 1995. Extremamente perigoso, considerado o 3º no comando de uma organização criminosa que age dentro e fora dos presídios. Envolvido com a morte de A.J.M.D. Juiz-Corregedor de Presidente Prudente-SP, no ano de 2003. Cumpria pena por diversos crimes, no regime fechado, desde o ano de 2000. Esteve diversas vezes preso no R.D.D. (Regime Disciplinar Diferenciado) e passou por diversas penitenciárias de segurança máxima do Estado de São Paulo e, até 01/02/2017, estava preso na Penitenciária Presidente Wenceslau II, data em que foi beneficiado por um habeas corpus concedido pelo STF, sendo assim, colocado em liberdade. Teve sua prisão preventiva decretada pela 5ª Vara do Júri do Foro Central Criminal São Paulo-SP, em 20 de fevereiro de 2017, pela autoria do homicídio de N. F. S. R. R., ocorrido em 06/10/2004, desde então é considerado procurado. Art. 5º, LVII, da Constituição Federal de 1988: “Ninguém será considerado culpado até o trânsito em julgado de sentença penal condenatória”.

Veja o comentário do Bruno da TV Coiote 

jornalopardal

Jornal O Pardal, distribuído gratuitamente nas cidades de Juquitiba e São Lourenço da Serra, formato Germânico impresso à 4 cores. Com uma diagramação moderna e comunicativa as matérias são sempre de agrado do público. Leia você, também, o Jornal O Pardal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *