Boletim Médico de Leandro Fernandes – 28 de fevereiro

Leandro Fernandes foi submetido a um procedimento Neurológico no dia 26 de fevereiro e foi internado na UTI do HGIS – Hospital Geral de Itapecerica.

Desde o procedimento o seu estado de saúde permanece sem alterações.

O Jornal O Pardal diariamente, duas vezes ao dia, solicita o boletim médico para o Departamento de Imprensa  da Secretária Estadual da Saúde e publica no site.

Questionamos a secretaria de saúde sobre o fato de não ter tido nem melhora e nem piora,  eles explicaram que existem casos que em dias ou semanas o quadro fica inalterado, e como o estado de saúde do jovem Leandro continua sempre com o mesmo resultado, a direção do Jornal O Pardal decidiu que irá continuar a solicitar os boletins médicos diariamente, mas se o resultado for sem modificações, não será publicado.

Desta forma, só publicaremos se houver alguma mudança no quadro de saúde de Leandro.

Como temos recebido muitas solicitações sobre o estado de saúde dele através do whatsapp e facebook, passaremos o link desta notícia,  como sendo o último boletim médico, caso o quadro permanecer o mesmo.

Se você quiser receber link de nossas notícias pelo whatsapp, envie uma mensagem pelo whatsapp para o número 99971-7251, escreva na mensagem: notícias e seu nome. 

Recebendo essa mensagem registraremos o seu whatsapp em nossa lista de transmissão, mas para que você receba, deverá também, registrar o nosso número na sua agenda. 

 


Informações fornecidades pelo Departamento de Comunicação da Secretaria Estadual de Saúde:

HGIS -Hospital Geral de Itapecerica da Serra.

Paciente: Leandro Fernandes

Estado: Continua em estado grave, respirando com ajuda de aparelhos.

Local: Segue internado na UTI

Alta: Sem previsão de Alta

Boletim fornecido às 12h de 28 de fevereiro de 2018.


 

Conheça melhor onde ele está internado.

UTI é a sigla para Unidade de Terapia Intensiva ou Unidade de Tratamento Intenso (UTI) de um hospital.

Normalmente, as UTI’s são dotadas de sistema de monitorização contínua, que atende pacientes em estado potencialmente grave ou com descompensação de um ou mais sistemas orgânicos.

Nestes casos, um tratamento intensivo seria única solução para que o paciente tenha a capacidade de se recuperar.

A UTI surgiu através da necessidade de oferecer um suporte maior para pacientes agudamente doentes, é um ambiente reservado e único no ambiente hospitalar que oferece monitoria e vigilância 24 horas.

Existem diversas doenças e casos que podem levar um paciente para ir para UTI, mas geralmente são doenças de coração, como infarto, doenças respiratórias, complicações cerebrais, como um AVC (Acidente Vascular Cerebral) ou então uma hipotensão arterial.

Normalmente, a UTI é formada por diversos profissionais, uma equipe interdisciplinar, constituída por médicos, enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos e assistentes sociais.

Saiba um pouco mais sobre o HGIS – Hospital Geral de Itapecerica

O Hospital Geral de Itapecerica da Serra, é uma entidade pública estadual administrada pelo Serviço Social da Construção Civil – Seconci-SP, que atende usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), dentro dos princípios da gratuidade, integralidade, eqüidade e universalidade.

O Hospital é referência para os municípios de Itapecerica da Serra, Juquitiba, Embu-Guaçu e São Lourenço da Serra, atuando de forma integrada aos serviços municipais de saúde, buscando oferecer um atendimento digno de qualidade.

São 222 leitos para internação, das seguintes especialidades: pediatria, neonatologia, clínica cirúrgica, clínica médica, clínica ortopédica, ginecologia e obstetrícia, hospital dia, atendimento de urgência e emergência (Pronto Socorro) adulto e infantil e unidade de terapia intensiva adulto.

No ambulatório são oferecidas 30 especialidades, entre elas: oftalmologia, ortopedia, pré-natal de alto risco, endocrinologia, nutrição, fonoaudiologia e cardiologia.

O centro cirúrgico realiza mensalmente mais de 650 cirurgias entre, cirurgias eletivas, de urgência e de hospital-dia. E a equipe de Ginecologia e Obstetrícia realiza em média 180 partos por mês.

O Hospital possui Banco de Leite Humano para garantir a seus pacientes da neonatologia o leite materno e para auxiliar as mamães quanto a importância, os benefícios e a melhor maneira de amamentar seus bebês.

A equipe de mais de 1.300 colaboradores trabalha diariamente para oferecer aos pacientes e seus familiares cuidado integral, garantindo assim o seu direito a saúde e contribuindo para o aprimoramento do SUS.

Saiba mais: http://www.hgis.org.br/

Por Nivaldo Ramos – Jornal O Pardal

jornalopardal

Jornal O Pardal, distribuído gratuitamente nas cidades de Juquitiba e São Lourenço da Serra, formato Germânico impresso à 4 cores. Com uma diagramação moderna e comunicativa as matérias são sempre de agrado do público. Leia você, também, o Jornal O Pardal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *